quarta-feira, 21 de abril de 2010

Erupção do Vulcão Eyjafjallajokull é Vista do Espaço

A erupção do vulcão Eyjafjallajokull, na Islândia, foi tão forte que pode ser vista do espaço. Imagens captadas por um satélite da European Space Agency (ESA, ou Agência Europeia Espacial em português) e divulgadas nesta segunda-feira pela Agência de Notícias AFP mostram uma imensa mancha de poeira ao sul da Islândia, que é levada para o restante da Europa pelo vento.
Por causa da poeira, aeroportos estão fechados há cinco dias em países como a Inglaterra e a França. Aos poucos, porém, a rotina de vôos começa a ser retomada. Os ministros de Transporte da União Européia (UE) chegaram nesta segunda-feira a um acordo para flexibilizar o fechamento do espaço aéreo sem pôr em risco a segurança, confirmaram fontes diplomáticas.
A Agência Européia para a Segurança da Navegação Aérea (Eurocontrol) tinha determinado aos Governos da UE uma redução do espaço aéreo proibido a vôos comerciais por causa da nuvem de cinza vulcânica procedente da Islândia, após as duras críticas recebidas por parte das companhias.
A medida deverá reduzir a área restrita onde vigora a proibição de vôos na Europa em meio à poluição por cinzas do vulcão islandês. Paralelamente, será permitido às companhias aéreas decidir por si próprias se atuarão em áreas menos poluídas fora dessa primeira "faixa vermelha".
As companhias aéreas deverão, no entanto, realizar controles posteriores ao voo para assegurar que sejam respeitados os níveis de segurança necessários. A proposta foi formulada hoje pelo Enrocontrol (Escritório de segurança aérea da Europa) depois de se analisar a situação atual e as consequências de uma possível mudança nas medidas adotadas até agora.
O Eurocontrol se mostrou hoje favorável a adotar um novo "modelo híbrido" de análise de risco mais flexível, similar ao americano, que combine responsabilidades das autoridades nacionais e das companhias aéreas.
Nesta segunda-feira, o Instituto Meteorológico da Islândia negou que o vulcão islandês Hekla também tenha entrado em erupção. Um porta-voz do instituto islandês disse à Agência Efe que não houve erupção do Hekla e que a notícia anterior foi um falso alarme. Aparentemente, o motivo desse falso alarme foi uma transmissão ao vivo da televisão islandesa de imagens de lava e fumaça, apresentadas como se fossem do Hekla, quando na realidade eram do Eyjafjallajökull. O Hekla é o vulcão mais famoso da Islândia, que desde 1970 entrou em erupção a cada dez anos aproximadamente, a última vez em 2000

Fonte: Yahoo! Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário